[home][projectos de licenciatura]

PESTE

(Plataforma de Ensaios de Sistemas Tarifários para Electricidade ) 1995 / 1996

Apresentação


Projecto a ser desenvolvido no LGE - Laboratório de Gestão de Energia , inserido na Cadeira de Projecto e Dissertação do 5º ano da Licenciatura em Engenharia Electrotécnica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Pessoas


A orientação do trabalho está a cargo de: 

Eng. Humberto Jorge

Eng. Álvaro Gomes


e está a ser realizado por: 

Pedro Miguel Santos 

Rui Vilão Costa



Enquadramento


Este projecto enquadra-se numa série de medidas de Utilização Racional de Energia (URE), medidas estas que terão maior ou menor adesão consoante a amplitude dos estímulos recebidos, em particular pelos orientadores finais. Em primeira mão, a URE, interessa às operadoras, todavia, quando estas fornecem contrapartidas, poder-se-á também tornar interessante para os consumidores. A forma mais usual destas contrapartidas, consiste na implementação de uma estrutura tarifária que, tenta, de algum modo, fazer repercurtir nos preços de energia eléctrica (EE) as diferênças dos custos de produção ao longo do tempo. Deste modo, a redução da factura de EE pelo utilizador final poderá ser conseguida atravéz da redução dos consumos de uma forma geral, por um lado, por outro, procedendo-se a alterações do padrão de consumos, por forma a desviá-los dos períodos em que a EE é mais cara para períodos em que é mais barata. Por esta via, podemos dizer que o tarifário ée uma das mais importantes ferramentas de gestão de procura e um dos melhores estímulos para a utilização eficiente da energia, já que, enquanto conjunto de regras e preços que regem a facturação dos fornecimentos de EE, tem um papel fundamental no mercado energético, nomeadamente como "disciplinador" dos consumos e "estímulo" para a URE da EE, deixando deste modo de ser um mero instrumento de cobrança de um bem fornecido. É a política tarifária que conduz a uma coincidência de interesses entre operadora e consumidores, podendo mesmo ser utilizada para incrementar a competitividade da EE perante as outras formas de energia.

Objectivos


A gestão da procura por parte das empresas operadoras pode ser feita por acção directa, através do controlo directo de cargas, ou por acção indirecta através do establecimento de regimes tarifários que procurem fazer reflectir nos preços os encargos de exploração dos sistemas eléctricos de energia. Consoante a sua importância, esclarecimeto, capacidade económica, cada utlizador reagirá aos preços da electricidade ou com auxilio de sistemas de controlo ou simplesmente por acções voluntárias de reorganização de ciclos de utilização de equipamentos. O sistema tarifário português de energia eléctrica inclui-se na categoria dos tarifários variáveis com a hora do dia (TVHD) e apresenta ao consumidor um conjunto de opções de preços de acordo com a utilização que faz, da potência contratada e com o nível de tensão de entrega. Uma aplicação computacional que permita definir opções tarifárias e fazer a análise económica dessas opções tarifárias, do ponto de vista dos custos para o utilizador final, é de extrema utilidade para analisar políticas tarifárias

Desenvolvimento


O projecto basicamente, consistirá no desenvolvimento de uma ferramenta computacional de análise que permita: implementar sistemas tarifários (da classe TVHD) para venda de electricidade, determinar a factura de energia para o consumidor com bases em diagramas de grandezas (DG) ou, registos de facturas, fazer análise comparativa entre diversas opções, fazer análises comparativas entre diversas opções, definir ciclos horários para desagregação de consumos por periodos correspondentes a taxas de energia diferentes, fazer manipulação de diagramas de grandeza (diários, semanais e mensais), etc.

Software utlizado


A aplicação será desenvolvida em Delphi 2.0, recorrendo na fase inicial ao uso de ferramentas CASE (Computer Aided Software Engineering).


[home][projectos de licenciatura][topo]