[home][projectos sob contrato]

AGACE 2 -Auditoria e Gestão Automáticas e Contagem de consumos de Energia Eléctrica

Sumário:
Este projecto, desenvolvido efectivamente no Laboratório de Gestão de Energia em conjunto com a Tecnoparque/Reguladora, enquadrado formalmente no Instituto Pedro Nunes, foi financiado pelo Ministério da Indústria e Energia ao abrigo do programa PITIE, decorreu entre 1990 e 1992 e englobou o desenvolvimento de diversos sistemas nas áreas de Controlo de Ponta, Medida de Consumos de Energia Eléctrica e Auditorias Energéticas. 

O objectivo principal na área do Controlo de Ponta consistiu no aperfeiçoamento de um controlador de ponta, PICOPOT - PICO de POTência, desenvolvido pela empresa. Neste contexto procedeu-se à caracterização detalhada do desempenho do controlador tendo resultado na introdução de melhorias significativas no algoritmo de controlo implementado no PICOPOT.

Na área de Auditorias Energéticas os objectivos concretizaram-se através da implementação de um dispositivo capaz de realizar tanto as funções de recolha de dados de consumos a partir de um contador de energia existente, como através da medida directa da tensão e da corrente afectas a uma dada carga eléctrica. Com este dispositivo facilitou-se a recolha sincronizada de dados num número adequado de pontos, viabilizando análise desagregada dos diagramas de carga e facilitando a identificação das oportunidades de racionalização de consumos, uma vez que permite avaliar o grau de coincidência das pontas dos diagramas de cargas individuais com as do geral. Este desenvolvimento teve origem num trabalho no âmbito da disciplina de Projecto e Dissertação da licenciatura.

A concretização do objectivo na área da Medida de Consumos de Energia Eléctrica passou pelo desenvolvimento de um sistema integrado constituído pelo TRP- Terminal e Recolha e Programação, SPR- Software de Programação e Recolha de dados relativos a consumos de energia eléctrica e o PEM- Processador Estático Multitarifa. O TRP é um dispositivo baseado em microprocessador que tanto pode ser ligado a um PEM, de onde pode recolher dados armazenados relativos ao consumo ou transmitir parâmetros diversos, como a um computador pessoal (PC) para onde envia dados recolhidos dos contadores. O SPR permite gerir todos os serviços quer entre PC e TRP quer entre PC e PEM. Por um lado permite a programação tarifária dos PEMís e dos TRPís e por outro permite a recolha de dados dos PEMís e dos TRPís. O PEM é um dispositivo electrónico associado a um contador de energia emissor de impulsos, com capacidade para realizar funções relacionadas com medida de potências e de consumos de energia e pode ser implementado num contador Ferraris. A segunda parte deste projecto passou pelo desenvolvimento de um contador de consumos de energia eléctrica de nova geração, sem partes móveis, como alternativa aos contadores de indução tradicionais.

Informou ainda o projecto de licenciatura ďSAM- Simulador de AMostrasĒ e a tese de mestrado ďMedida de Consumos de Electricidade por Processos de AmostragemĒ (cf. 3.2.3.1).

Este trabalho deu origem a transferência de tecnologia quer para o mercado português, baseada no PEM, quer para o espanhol baseada no sistema integrado TRP-SPR-PEM.

Publicações a que deu origem:
Local de desenvolvimento:
DEEFCTUC

Equipa:
 

[home][projectos sob contrato][topo]